Logotipo Da Fórmula de Gestão

Atuação Nacional

Empréstimo em Factoring - Como Funciona?

Atuamos Em Todo Brasil!

Link Para Abrir Whatsapp da Fórmula de Gestão(11)9.8834-4926
Fundador

Há uma grande satisfação emocional e obrigação moral nessa função. Álvaro, quando mais jovem viu seu pai falir duas empresas que foram bem sucedidas e tristemente o viu também sucumbir com a queda dos seus negócios. A impotência na época diante da situação o motivou a buscar aprender e investir em ser capaz de auxiliar os empresários que passam por momentos difíceis, momentos que podem atingir um estágio crítico.

Por isso, nosso CEO, Álvaro Marcos, acumulou conhecimento e experiências ao longo de 10 anos para tornar-se um especialista em gestão de empresas em crise.

Alvaro Marcos - Fundador da Fórmula de Gestão
Contato
Oportunidades

Empréstimo em Factoring, conhecido também como Fomento Mercantil, não precisa ser complicado, mas deve ser feito com cuidado.

Aqui estão três fatores a considerar ao selecionar uma Factoring financeira para o seu negócio:

  1. Que tipo de Fomento sua empresa precisa?
  2. Quanto de seus recebíveis você precisa e quando você precisa?
  3. Quanto você está disposto a pagar?

Responder à essas perguntas é uma maneira de começar. O primeiro passo para encontrar em Factoring empréstimo certo para o seu negócio é descobrir qual o tipo que você realmente precisa. Por exemplo, você precisa de um serviço de Factoring financeiro que pague todos os seus recebíveis adiantado, ou um pagamento parcial é o suficiente?

Você prefere continuar recebendo pagamentos de clientes, ou você vai entregar as cobranças para a empresa de Factoring? Você quer ser responsabilizado pela empresa de Factoring se os clientes não pagarem? Estas são apenas algumas das considerações que temos que fazer.

Para ajudá-lo a entender melhor os muitos tipos diferentes desse modelo de Captação de Recursos, aqui está uma explicação de como funciona esse modelo em geral, seguida por uma listagem dos serviços do Fomento Mercantil ou Factoring empréstimos mais comuns.

Como Funciona o Factoring / Fomento Mercantil?

É um método alternativo de financiamento que permite aos empresários vender seus recebíveis, ou contas a receber, a um terceiro, a “Factoring”. 

É uma forma de ajudar a estimular o crescimento das empresas, fornecendo os fundos necessários para manter a sua empresa em funcionamento enquanto espera os clientes pagarem as faturas pendentes.

Quando a empresa está limitada pelo seu capital de giro para atender uma demanda, com tantas faturas pendentes que dificulta o atendimento de novos pedidos... Se não tem dinheiro para comprar os suprimentos e cobrir os salários, nem para preencher as novas encomendas colocando sua trajetória de crescimento em risco é hora de se pensar na ajuda de uma Factoring financeira.

Normalmente, a Factoring financeira paga entre 70 e 90 por cento do valor total da fatura (dependendo de qual é a empresa, paga em menos de 24 horas). 

A empresa cobra a taxa de serviço dependendo da modalidade e prazo escolhidos. Antes de aceitar seus recebíveis, ela deverá realizar a devida diligência para determinar a solvabilidade de seus clientes e se eles serão capazes de pagar suas faturas no prazo.

Este é um passo essencial, já que a Factoring financeira normalmente não funciona como uma agência de cobrança. Para se qualificar para a maioria dos serviços de Factoring, as contas dos seus clientes têm de estar em boas condições. Alguns dos seus serviços também consideram outros qualificadores, como suas receitas anuais e quanto tempo você tem estado no negócio.

Depois de aceitar seus clientes, a empresa compradora dos recebíveis revisa todas as faturas pendentes. Se tudo estiver em ordem, ela normalmente solicitará o pagamento por parte de seus clientes enviando um boleto. Isso informa o cliente sobre o serviço que você está usando e os instrui a enviar todos os pagamentos futuros diretamente para a Factoring.

Então, se parar para pensar, em uma factoring empréstimo não é bem um empréstimo, é uma venda de direitos.

Onde as Coisas Ficam Confusas?

Embora muitas Factorings operem como descrito, nem todas fazem assim, especialmente as mais novas, que lançaram novos sistemas que são mais flexíveis para pequenas empresas. Alguns serviços também são muito mais customizáveis com base na situação específica de uma empresa individual, enquanto outros se assemelham a empréstimos tradicionais que precisam ser reembolsados.

Tipos de Factoring

Existem algumas classificações de tipos de serviços oferecidos. São elas:

Factoring Convencional

Esse é o tipo mais comum, imediata, prontamente disponível. Nessa configuração, a Factoring financia suas faturas, mas exige que você forneça um reembolso para todas as faturas que permanecerem não pagas após um certo período de tempo. Uma vez que o proprietário da empresa assume o risco, há uma maior gama de taxas competitivas. De maneira simplificada é assim que se desenvolve o contrato de fomento mercantil convencional. Esse é literalmente o modelo em que se obtem na factoring empréstimo.

Factoring de Matéria-Prima

Já o fomento de Matéria-Prima funciona de forma diferenciada.

Primeiramente, é importante esclarecer que o fomento de matéria-prima vem da necessidade da empresa adquirir os insumos necessários para a produção do seu produto final. Por vezes a empresa não dispõe de valores suficientes para adquirir os insumos que utiliza em sua produção antes de receber o valor das vendas. Quando isto ocorre as empresas podem utilizar-se do serviço de uma Factoring.

Aqui a empresa de Factoring surge com a finalidade de fomentar a empresa, adquirindo por conta desta última a matéria-prima necessária para a confecção de seu produto final. Trata-se de antecipação de recursos não financeiros, que não se confunde com o mútuo, eis que a Factoring adquire a matéria-prima e paga diretamente aos fornecedores que, por sua vez, entregam essa matéria-prima (adquirida e paga pela Factoring) à empresa.

Em contrapartida, a empresa compromete-se a pagar os valores adiantados pela Factoring, através dos faturamentos futuros que serão gerados pela transformação desta matéria-prima adquirida. Em outras palavras, a empresa efetuará o pagamento através dos valores originados pela venda dos produtos finais. 

Aqui nesse tipo de operação de factoring empréstimos não se configuram.

Factoring maturity

No que tange a modalidade “maturity”, o pagamento feito pela cessão dos créditos ocorre no dia do vencimento dos títulos ou após o vencimento, mas sempre em data certa e determinada. Nesta modalidade, a Factoring assume previamente o risco do não pagamento das empresas sacadas frente ao título de crédito.

Com essa transação, a empresa (antiga credora) além de receber de imediato pelo seu crédito a vencer, também se libera das custas de eventuais serviços de cobrança. Esse tipo de factoring financeiro costuma ser mais oneroso porque o risco é maior.

Factoring Trustee

Na modalidade  trustee, a Factoring  passa a fazer o gerenciamento de contas a receber. Tanto pode colocar em cobrança bancária as duplicatas, como custodiar e compensar os cheques pós-datados fazendo o pagamento dos valores recebidos para a sua empresa nas liquidações.

Pode fazer também os pagamentos de contas a pagar, como boletos bancários, fornecedores, impostos, aluguel e outras contas. Tudo isso com geração de relatórios com títulos pagos, a vencer e vencidos. Com isso a empresa fica com tempo livre para resolver outros negócios, como produção e vendas.

Exportação

Nessa modalidade, a exportação é intermediada por duas empresas de Factoring (uma de cada país envolvido), que garantem a operacionalidade e liquidação do negócio. A cessão de crédito é regida pela legislação do país de exportação, já a notificação da cessão do crédito e a cobrança conforme a Lei do país de importação. 

Uma alternativa para situações em que obterá na factoring empréstimo mais complexo.

Não importa o caminho que você escolher para o seu negócio, os fundamentos são os mesmos. Quanto você está disposto a pagar? De um modo geral, quanto mais risco a Factoring estiver tomando, mais você provavelmente vai ter que pagar pelo serviço de Fomento.

As taxas são geralmente entre 2 e 6 por cento do total da fatura a cada 30 dias de antecipação, sendo que esta taxa é conhecida como taxa de desconto e sua taxa específica será determinada pelo volume da fatura, pela base de clientes (clientes individuais versus clientes comerciais), pelo risco da indústria, pelo histórico de crédito do cliente e pela estrutura de faturamento. Além disso, quanto você vai pagar também pode ser determinado por seus termos de reembolso.

Por exemplo, digamos que você faz numa Factoring empréstimos para um prazo de reembolso de 90 dias cobre 4% em taxas de R$ 100.000 em faturas. Se você ou seus clientes levam os 90 dias inteiros para pagar, você será cobrado o total de 4% sobre o valor total da fatura de R$ 100.000. Mas se você pode pagar R$ 50.000 antes do prazo, você só será cobrado 4% sobre o saldo restante dos R$ 50.000 para o prazo do financiamento.

Antecipação de Recebíveis Factoring

A antecipação de recebíveis em uma factoring é uma maneira rápida e fácil de obter recursos financeiros para sua empresa e garantir um bom capital de giro e fluxo de caixa, especialmente em momentos de crise ou dificuldade financeira. Através de uma empresa de factoring, esse procedimento pode ser feito com agilidade e segurança, e de maneira muito mais vantajosa ao empresário, sem a burocracia e as taxas excessivas que os bancos costumam ter. Entenda como funciona a antecipação e quais as vantagens do factoring:

Como funciona a antecipação de recebíveis em factoring?

A antecipação de recebíveis é uma operação de aquisição de crédito: esse processo permite à empresa receber com antecedência o valor das vendas a prazo. Por exemplo, digamos que o empresário receba um cheque pré-datado, mas precise receber aquele valor antes do previsto: ele pode descontar o valor do cheque junto a uma empresa de factoring e pagar a empresa quando receber do cliente.

Quais os benefícios da antecipação em factoring?

Esse recurso permite uma obtenção rápida de crédito, melhorando imediatamente seu fluxo de caixa e capital de giro. Isso impede que a empresa atrase pagamentos e a protege de um acúmulo de dívidas e juros, evitando inadimplência e permitindo que sua empresa continue com suas operações no mercado.

Como fazer a operação de antecipação em factoring?

A antecipação pode ser feita junto a instituições financeiras como bancos ou factorings, com cheques pré-datados, desconto de duplicatas ou outras maneiras de pagamento a prazo.

Quais as vantagens do Factoring?

  • Uma empresa negativada no mercado tem grandes chances de ter seus pedidos de antecipação de crédito negados por bancos. Além disso, os bancos tradicionais costumam ter um processo burocrático lento para a liberação de crédito, e geralmente cobram taxas de juros que podem ser muito pesadas para empresas que não estão em uma situação financeira ideal.
  • O factoring, no entanto, é uma atividade específica de fomento mercantil: o endividamento não impede a antecipação de recebíveis com uma factoring, e essa é uma excelente opção de recuperação.
  • A liberação de crédito através de uma factoring também é mais rápida, e tem taxas mais atrativas, principalmente para micro, pequenas e médias empresas.

Como ter um bom aproveitamento financeiro com a antecipação em factoring?

Para aproveitar ao máximo a antecipação de recebidos, é importante contar com um bom planejamento financeiro. Se sua empresa estiver no vermelho, a quitação de dívidas deve ser sua prioridade.

Lembre-se que a antecipação deverá ser paga depois, portanto tenha cuidado com clientes inadimplentes.

O factoring é uma boa opção para o adiantamento de crédito, tanto para empresas que estão negativadas quanto para as que não estão.

Precisa de auxílio para sua empresa? Nós nos especializamos na recuperação de empresas em falência, e podemos te ajudar a encontrar soluções rápidas e diretas. Confira nossos serviços em nosso site ou entre em contato, e veja o que podemos fazer por você e seu negócio.

Fomento Mercantil / Factoring

O fomento mercantil, ou factoring, é um segmento ainda pouco conhecido pelos empresários de pequenos e médios negócios. Infelizmente, apenas alguns empreendedores sabem, de fato, como utilizar o fomento mercantil de forma adequada.

Isso ocorre ao acessar informações equivocadas, que distorcem os benefícios do fomento mercantil. Além disso, salvar a empresa de uma possível falência, é um dos fatores positivos ao se adotar o factoring.

Verifique as 5 dúvidas mais comuns sobre o tema, e entenda como ele pode auxiliar no crescimento da sua empresa:

Como Funciona o fomento mercantil?

Apesar dos nomes distintos, os dois possuem a mesma utilidade: transferência de direitos das contas a receber, para resgatar o dinheiro imediatamente, sem depender de clientes inadimplentes ou atrasados.

Isso quer dizer que a empresa vende seus direitos creditórios para empresa de fomentos, e não deixa de receber capital para manter seu negócio funcionando, apesar dos imprevistos de seus clientes.

Como utilizar o fomento mercantil?

Esta atividade comercial pode ser utilizada por qualquer estilo e tamanho de negócio. E, para isso, é essencial que todo o procedimento esteja claro para o empresário interessado.

Acompanhe a descrição de cada item necessário para o uso do benefício:

Financiador: o gestor deve escolher uma empresa de alta confiabilidade como financiador. Verifique nossas opções, no site;

Cadastro: o cadastro deve ser aprovado na análise de crédito;

Simulação: a contratação é simulada, para que a empresa avalie se deve adotar o benefício;

Aprovação e fechamento: após a aprovação, o negócio é fechado, e a empresa de fomento agora é responsável pelos pagamentos efetuados pelos clientes.

Qual o motivo principal para utilização do fomento mercantil?

Entre todos os motivos, o mais indicado para a contratação do benefício é o de aumento de rentabilidade da empresa.

Isso se faz possível pois aumenta-se o poder de planejamento financeiro, facilitando grandes investimentos e evitando dores de cabeça com prejuízos astronômicos.

Qual a diferença de fomento mercantil e empréstimo bancário?

Apesar do que é dito em alguns lugares, o fomento mercantil não é a mesma coisa que empréstimo bancário.

O fomento não tem autoridade para realizar empréstimos, ou seja, a empresa é autorizada a vender e comprar créditos, somente.

Quais as vantagens e desvantagens do fomento mercantil?

São muitas as vantagens ao se utilizar o fomento mercantil. Este recurso aumenta a autonomia do empresário, deixando-o mais seguro para realizar investimentos necessários para o crescimento de seu negócio, e:

Garante mais liberdade para a empresa: ao deixar de se preocupar com pagamentos pendentes, a empresa se vê com maior liberdade para investir em aspectos importantes que são normalmente deixados em segundo plano;

Pagamento à vista: com a venda de créditos, a empresa recebe à vista, facilitando o planejamento de finanças e aumento de lucro, em menos tempo.

Qual o momento certo para utilizar o fomento mercantil?

Ao entender as vantagens e formas para utilizá-lo, o empresário pode analisar se sua empresa necessita do benefício para dar continuidade ao seu crescimento no mercado.

Para garantir que todo o processo seja feito com segurança, acesse o site e solicite uma consultoria financeira empresarial agora mesmo.

Alguns De Nossos Vídeos No Youtube
Recuperação Judicial da Kodak
Recuperação Judicial da Chrysler
Recuperação Judicial da Kmart

Você Vai Se Surpreender Com As Oportunidades Que Temos Para Sua Empresa!