Logotipo Da Fórmula de Gestão

Atuação Nacional

Engenharia Financeira

Atuamos Em Todo Brasil!

Link Para Abrir Whatsapp da Fórmula de Gestão(11)9.8834-4926
Fundador

Há uma grande satisfação emocional e obrigação moral nessa função. Álvaro, quando mais jovem viu seu pai falir duas empresas que foram bem sucedidas e tristemente o viu também sucumbir com a queda dos seus negócios. A impotência na época diante da situação o motivou a buscar aprender e investir em ser capaz de auxiliar os empresários que passam por momentos difíceis, momentos que podem atingir um estágio crítico.

Por isso, nosso CEO, Álvaro Marcos, acumulou conhecimento e experiências ao longo de 10 anos para tornar-se um especialista em gestão de empresas em crise.

Alvaro Marcos - Fundador da Fórmula de Gestão
Contato
Oportunidades

A cada dia o mundo se moderniza e a gestão empresarial acompanha essas mudanças. Para se manterem ativas e relevantes no mercado as empresas passaram a usar a Engenharia Financeira para organizar suas finanças.

Esse é um campo de estudo recente, sendo que os primeiros programas de graduação na área foram criados na década de 1990.

A Engenharia Financeira é uma área multidisciplinar que aplica diversos tipos de conhecimentos, com o objetivo de resolver problemas de cunho financeiro.

Uma das principais ferramentas utilizada pelos profissionais dessa área é o fluxo de caixa. Apesar de ser teoricamente simples, sua aplicação é complexa e exige uma grande capacidade organizacional.

Neste artigo, vamos falar mais sobre o que é a Engenharia Financeira, seus objetivos dentro da empresa e quais são as ferramentas mais utilizadas.

Engenharia Financeira

O termo Engenharia Financeira pode ser entendido como um campo multidisciplinar, que tem como objetivo a criação de novos produtos financeiros que estejam de acordo com as necessidades atuais.

Para isso, são aplicadas metodologias das áreas de Engenharia para solucionar os problemas em finanças. Por isso o nome Engenharia Financeira.

Além disso são utilizados conhecimentos nas áreas de Matemática Aplicada, Computação e Programação.

Quando colocada dentro de uma empresa, esse setor do conhecimento está relacionado com os processos financeiros. Ela estará envolvida com o fluxo de caixa futuro, as metodologias de vendas e de recebimentos.

Faz ainda as análises referentes a saúde financeiras da empresa, sendo indispensável para o processo de tomada de decisões. Com isso, a Engenharia Financeira é responsável pela gestão de risco das empresas.

Pode ainda ser utilizada como uma ferramenta para captar novos recursos dentro do mercado financeiro.

Objetivos da Engenharia Financeira

Para poder solucionar os problemas a que se propõe o primeiro passo do profissional da Engenharia Financeira é demarcar quais são os objetivos que devem ser alcançados ao final do processo.

Somente depois de determinados os objetivos é que se deve começar a procurar modelos de gestão e controle de risco capazes de atingir as metas previstas.

No mercado econômico atual, as empresas bem sucedidas são aquelas que conseguem atingir seus objetivos utilizando a menor quantidade de recursos possíveis.

Assim sendo, podemos resumir a Engenharia Financeira como a responsável pela criação de alternativas de investimento da maneira mais precisa possível. Além de ser capaz de prever as suas consequências em um período determinado.

É importante lembrar que todas as soluções financeiras criadas por essa nova área devem ser tecnicamente viáveis. Garantido a sua aplicação em negócios reais.

Responsabilidades da Engenharia Financeira

Depois de analisarmos o conceito e os objetivos da Engenharia Financeira, é possível discernir um conjunto de atividades que ficam ao encargo desse setor.

São eles:

- Criação de projetos financeiros;

- Desenvolvimento e aplicação de modelos para o controle de riscos;

- Avaliação de novas oportunidades financeiras;

- Consultorias na área de finanças;

- Análise e previsão do mercado financeiro;

- Utilização de novas tecnologias e da informação palas empresas;

- Valorização dos ativos financeiros.

Entre em contato conosco para encontrar as soluções para os problemas financeiros da sua empresa!

Fluxo de Caixa

Uma das ferramentas utilizadas pela Engenharia de Finanças durante a elaboração das metodologias de gestão e risco das empresas é o fluxo de caixa.

Ele pode ser resumido como uma fotografia da situação financeira da empresa e que pode ser atualizada diariamente. Dessa forma, os gestores têm a capacidade de projetar o Fluxo de Caixa futuro e se preparar para os próximos acontecimentos.

De uma forma simplista, pode-se explicar o Fluxo de Caixa como a representação das entradas e saídas de recursos de uma empresa em um determinado período.

Ele pode ser dividido em dois modelos distintos. O Fluxo de Caixa Projetado e o Fluxo de Caixa Realizado.

Sendo que o Fluxo de Caixa Projetado é a entrada e saída de recursos que se imagina para um determinado período futuro. Já o Fluxo de Caixa Realizado, é o valor de entradas e saídas que realmente foi alcançado.

Através da comparação desses dois modelos é que é possível criar e avaliar os melhores modelos para captação de recursos ou de investimento dos possíveis excedentes.

Outras ferramentas avaliadas

O Fluxo de Caixa não é a única ferramenta levada em consideração pela Engenharia Financeira. Os profissionais dessa área também se baseiam em informações referentes a:

- Recebimentos: entendido como os valores financeiros que a empresa ainda tem que receber. Ou seja, é a receita referente à venda de produtos ou serviços. Sendo com isso a principal fonte de recursos para o caixa da empresa;

- Pagamentos: são as dívidas que a empresa ainda tem que pagar, sejam relacionadas a contas com fornecedores, impostos e funcionários;

- Liquidez: pode ser entendida como a quantidade de dinheiro que a empresa possui em caixa. A sua capacidade de honrar seus compromissos dentro do prazo estipulado. Sem que, para isso, seja necessário recorrer a algum tipo de aporte financeiro;

- Investimento: é o dinheiro empregado com o intuito de gerar rendimentos em um período futuro. Aqui não estamos falando apenas de aplicações financeiras, mas também a modernização da estrutura e do maquinário.

Ou seja, qualquer tipo de uso do dinheiro que venha a gerar lucros para a empresa.

Elaboração

A elaboração correta do Fluxo de Caixa é o que vai garantir que a empresa alcance os objetivos determinados pela Engenharia Financeira.

Por esse motivo, essa etapa não pode ser negligenciada e as informações transmitidas devem ser o mais confiáveis possível.

O planejamento inicial elaborado para determinada empresa deve ser flexível para poder se adaptar as variações econômicas do futuro.

O modelo mais adequado para a elaboração de um Fluxo de Caixa é o Modelo Direto. A sua construção é baseada nos dados de despesas, investimentos e recitas indicados tanto pelo Fluxo de Caixa Projetado como o Realizado.

Além disso, se baseia em relatórios auxiliares que contém informações resumidas sobre as atividades dos demais setores que integram a empresa.

Acesse nosso site ou entre em contado com nossos colaboradores para entender como podemos ajudar na recuperação da sua empres

Alguns De Nossos Vídeos No Youtube
Recuperação Judicial da Kodak
Recuperação Judicial da Chrysler
Recuperação Judicial da Kmart

Você Vai Se Surpreender Com As Oportunidades Que Temos Para Sua Empresa!