Logotipo Da Fórmula de Gestão

Atuação Nacional

Governança Corporativa Em Empresas Familiares

Atuamos Em Todo Brasil!

Link Para Abrir Whatsapp da Fórmula de Gestão(11)9.8834-4926
Fundador

Há uma grande satisfação emocional e obrigação moral nessa função. Álvaro, quando mais jovem viu seu pai falir duas empresas que foram bem sucedidas e tristemente o viu também sucumbir com a queda dos seus negócios. A impotência na época diante da situação o motivou a buscar aprender e investir em ser capaz de auxiliar os empresários que passam por momentos difíceis, momentos que podem atingir um estágio crítico.

Por isso, nosso CEO, Álvaro Marcos, acumulou conhecimento e experiências ao longo de 10 anos para tornar-se um especialista em gestão de empresas em crise.

Alvaro Marcos - Fundador da Fórmula de Gestão
Contato
Oportunidades

Diante de um cenário tão amplo quanto a governança corporativa, muitas pessoas acabam confundindo governança com gerência. Especialmente quando se trata de negócios familiares. No entanto, a gerência está imersa no dia-a-dia de uma organização, enquanto a governança corporativa define a estrutura e os parâmetros dentro dos quais essas atividades ocorrem.

Mas, sem a governança corporativa adequada é quase garantido que coisas ruins vão acontecer. Não é à toa que empresas de todos os setores e tamanhos aplicam esse princípio. Por isso, neste artigo, vamos abordar a importância da governança corporativa em empresas familiares, seus principais desafios, entre outros tópicos. Acompanhe!

Qual a importância da governança corporativa em empresas familiares?

As famílias, basicamente, são compostas por diversos indivíduos que possuem interesses variados e, muitas vezes, até concorrentes.

A contribuição de cada uma dessas pessoas pode ser imensa para um país e/ou setor, mas, se não houver uma disciplina que governe adequadamente os negócios inevitavelmente a economia da organização será prejudicada.

Uma governança corporativa sólida aplicada em uma empresa familiar, atua como um mecanismo de prevenção contra os inúmeros desafios que podem surgir entre os membros da família. Além disso, a governança corporativa é fundamental para que as empresas familiares escolham medidas eficazes a fim de se tornar uma forte concorrência no mercado.

Em uma empresa familiar, é possível observar que, no geral, os principais cargos gerenciais são ocupados por membros da família. Claro, há exceções, mas o poder de tomada de decisão se baseia neste contexto.

É justamente por isso que boa parte das empresas familiares se recusa a adotar a governança corporativa, por receio de perder o controle sobre os negócios. No entanto, o que boa parte das organizações não enxergam é que a governança corporativa é aplicada justamente para fortalecer os vínculos e evitar instabilidades, que podem projetar uma imagem negativa da empresa diante do mercado.

Quais são as medidas de governança corporativa para empresas familiares?

As empresas familiares podem se basear, em partes, nas ações de outros negócios. Afinal, os mesmos princípios e práticas podem ser aplicados em qualquer outra empresa.

As medidas são vastas e pode incluir, por exemplo, o cumprimento de normas contábeis nas demonstrações financeiras, relatórios financeiros a fim de garantir transparência e responsabilidade para todas as partes interessadas.

Entretanto, há algumas medidas particulares que as empresas familiares podem (e devem) adotar para garantir o sucesso da abordagem em longo prazo:

• Limite claro entre negócios e emoções: esse item é essencial para continuidade saudável dos negócios. Isso implica em comunicar e criar documentos claros para todos os membros da família. Afinal, a empresa deve se concentrar em competir no mercado, não em confrontos internos.

• Clareza na liderança: é preciso dispor de estratégias claras na hora da escolha do membro sucessor, caso haja morte ou incapacidade do líder anterior. Uma abordagem clara evita confusões e caos, que podem afetar as raízes dos negócios, inclusive da família.

• Democracia: dispor de uma abordagem participativa e um conselho de administração nomeado de forma democrática é a chave para uma prática comercial disciplinada e próspera, evitando nepotismo e favoritismo.

Quais são os principais desafios da governança corporativa em empresas familiares?

Existem inúmeros desafios que podem surgir ao longo do caminho. Por isso, vamos nos ater aos principais.

Desafios particulares

Boa parte das empresas familiares enfrentam desafios particulares quando se trata da governança corporativa. Entre eles, está a necessidade de clareza em relação ao que os membros da família almejam do negócio. Portanto, vale se questionar: o que significa sucesso para a família?

Ou, em outras palavras, qual o retorno de investimento que a família deseja? Ao se questionar sobre esses pontos, é possível encontrar uma combinação de retornos econômicos aos quais a família atribui valor. Por isso, é fundamental que os acionistas da família esclareçam suas definições de sucesso. Dessa forma, o conselho deve auxiliar a empresa a alcançar seus objetivos.

No entanto, essas definições podem e devem mudar conforme o tempo. Se o seu negócio está em período de expansão, por exemplo, pode ser necessário recorrer a financiamento, o que gera outros desafios.

Disputas

Com o passar do tempo, as chances de disputas prejudiciais aumentam

Isso ocorre porque, no início, os negócios estão intimamente ligados à família. No entanto, à medida que a empresa cresce, é necessário ter uma linha clara de separação entre os objetivos da família e os objetivos da empresa.

Essa separação é vital manter a saúde e os lucros do negócio, pois disputas podem levar à ruína da organização, bem como seu valor. Por isso, uma boa governança corporativa pode fazer a diferença entre ter um negócio de família por gerações ou não.

Além disso, se todos os membros da família são regidos por regras desde o início, fica mais fácil de reestruturar medidas quando necessário.

E, se sua empresa se encontra em estágio embrionário, precisa estabelecer normas de governança corporativa simples, flexíveis, mas, claras e efetivas. No entanto, sabemos que isso requer experiência. Especialmente se sua organização passa por dificuldades financeiras.

Por isso, estamos aqui para te auxiliar a trilhar este caminho através de uma equipe qualificada para lidar com situações financeiras delicadas.

Investidores

Esse é um grande desafio. Os investidores, no geral, hesitam e desconfiam de a empresa devido às chances de a família violar direitos de outros acionistas. Portanto, as medidas de governança corporativa são essenciais para reverter esse quadro. Como? Fornecendo garantias aos investidores de que seus interesses serão contemplados ao longo do percurso.

Incapacidade de liderança

A incapacidade do chefe da família de administrar o negócio é um grande problema. Especialmente quando a estratégia de sucessão não é definida e clara.

A partir daí, conflitos surgem sobre o controle da empresa, o que leva a um déficit de confiança. Além disso, à medida que as gerações progridem, seus interesses podem não se alinhar, o que é um cenário perfeito para a competição interna.

Sendo assim, o ambiente que antes era saudável, se torna hostil. Afetando inevitavelmente todas as camadas da empresa.

Sua empresa familiar precisa de ajuda?

Nós temos uma vasta experiência em todos os tipos de cenário do mercado. Por isso, compreendemos uma grande variedade de desafios, especialmente o que as empresas familiares enfrentam ao trabalharem lado a lado. Portanto, se você deseja recuperar sua empresa financeiramente, conte conosco para desenvolver soluções eficientes.

Alguns De Nossos Vídeos No Youtube
Recuperação Judicial da Kodak
Recuperação Judicial da Chrysler
Recuperação Judicial da Kmart

Você Vai Se Surpreender Com As Oportunidades Que Temos Para Sua Empresa!