Logotipo Da Fórmula de Gestão

Atuação Nacional

Treinamento Para Empreendedores

Atuamos Em Todo Brasil!

Link Para Abrir Whatsapp da Fórmula de Gestão(11)9.8834-4926
Fundador

Há uma grande satisfação emocional e obrigação moral nessa função. Álvaro, quando mais jovem viu seu pai falir duas empresas que foram bem sucedidas e tristemente o viu também sucumbir com a queda dos seus negócios. A impotência na época diante da situação o motivou a buscar aprender e investir em ser capaz de auxiliar os empresários que passam por momentos difíceis, momentos que podem atingir um estágio crítico.

Por isso, nosso CEO, Álvaro Marcos, acumulou conhecimento e experiências ao longo de 10 anos para tornar-se um especialista em gestão de empresas em crise.

Alvaro Marcos - Fundador da Fórmula de Gestão
Contato
Oportunidades

Ser um empreendedor é uma responsabilidade e um desafio enorme, afinal, você deve ser um líder em tempo real.

No entanto, gerenciar a si mesmo não é uma tarefa simples, especialmente quando o que está em jogo é uma empresa em expansão. Portanto, há chances de sérias complicações pelo caminho.

Só para você ter uma ideia, segundo uma pesquisa da Statistic Brain, esse é o motivo pelo qual 36% das novas empresas fecham. Por isso, é tão fundamental o treinamento de empreendedorismo.

Neste artigo, elaboramos os principais pontos a respeito deste universo complexo. Se você deseja potencializar suas habilidades, confira!

Afinal, o que é um empreendedor?

Essa é uma definição complexa, mas, podemos definir um empreendedor como um indivíduo que gera um novo negócio, assumindo a maior parte dos riscos e, claro, saboreando a maior parte das recompensas dos seus esforços.

É comum associar o empreendedor a uma pessoa inovadora, que pode mudar a concepção de bens, serviços, processos, negócios, entre outros procedimentos.

Inclusive, o empreendedor desempenha um papel fundamental na economia. Através das suas habilidades, ele pode antecipar necessidades dos consumidores e trazer novas ideias ao mercado.

10 dicas de treinamento de empreendedorismo

Se você acaba de ingressar no mundo do empreendedorismo ou já tem uma certa experiência da área, não importa. Sempre há novas formas de se obter sucesso.

Por isso, é essencial que você compreenda as maneiras certas e erradas de lidar com situações diversas. Portanto, aqui estão algumas lições do treinamento de empreendedorismo. Com essas habilidades, você pode ir muito mais longe.

1. Treinabilidade

Apesar de ter uma posição de destaque, um bom empreendedor deve sempre estar aberto ao treinamento. Dessa forma, é possível se adaptar a novos modelos de negócio.

2. Proatividade

Essa é um dos principais pontos ressaltados durante um treinamento de empreendedorismo.

No geral, as startups dispõem de uma equipe reduzida, que realiza uma grande quantidade de trabalho, ou seja, todos estão ocupados.

Essa é a hora do empreendedor ser proativo, acompanhar as comunicações e encontrar formas de levar a empresa adiante.

3. Escrita

Por falar em comunicação, a escrita é uma parte fundamental do treinamento de empreendedorismo.

Afinal, você terá que se adaptar a vários ambientes e, consequentemente, diversas linguagens. Aprender a se comunicar adequadamente com todos os meios é um desafio, tanto interno quanto externo.

A escrita influencia desde a criação de um e-mail até uma apresentação de negócio, por exemplo. Por isso, ela é um elemento essencial, que determinará o percurso da organização.

4. Capacidade de solucionar problemas

Ao assumir um treinamento de empreendedorismo, saiba que sua capacidade de solucionar problemas será testada.

E não é para menos, afinal, esse é o dia-a-dia de um empreendedor. Portanto, é essencial desenvolver a habilidade de coletar rapidamente informações e articular uma estrutura viável com possíveis soluções.

Dessa forma, a startup poderá triunfar sobre qualquer desafio. No entanto, sabemos que esse é um caminho difícil a ser percorrido. E, às vezes, os problemas podem se acumular.

Por isso, caso precisa de auxílio para tirar sua empresa do vermelho, saiba que nós podemos te ajudar, pois atuamos com recuperação de empresas em falência.

5. Perseverança

Convenhamos, administrar uma startup é uma montanha-russa, que possui seus altos e baixos. Portanto, se você desistir diante do mínimo, pode ser que nunca alcance o potencial máximo da organização.

Por isso, é importante estar constantemente aprimorando seus processos e avançando. Tudo, é claro, com pequenos passos.

6. Sede de conhecimento

Em uma startup há sempre algo para aprender. Inclusive, seu trabalho está sujeito a mudar todos os dias, especialmente no início.

Sendo assim, o processo de aprender a se desafiar é constante, bem como o conhecimento.

7. Estabilidade

Essa é uma das habilidades fundamentais, que deve ser trabalhada durante um treinamento de empreendedorismo.

É preciso ter uma boa capacidade de lidar com a pressão, afinal, as startups têm seus altos e baixos o tempo todo.

Portanto, o segredo é manter a proatividade quando estiver no topo e não desistir quando estiver por baixo. Manter a consistência durante os percalços é fundamental para a saúde da organização.

8. Encontre um mentor – ou vários

É comum ver os empreendedores tão apaixonados pelo seu negócio, que, inevitavelmente, não consegue ver o cenário real da organização.

Por isso, é fundamental ter um mentor que possa oferecer uma perspectiva mais ampla. Estabeleça uma relação composta por profissionais bem-sucedidos em diversas áreas.

Essa é uma ótima forma de explorar ideias, conhecer outros modelos de negócio e preencher lacunas na sua experiência pessoal.

9. Aprenda com o sucesso e os fracassos

Essa é, provavelmente, uma das lições mais valiosas de um treinamento de empreendedorismo.

Inspire-se nos ensinamentos de outros fundadores e CEOs de sucesso. Participe de conferências, assista palestras, aprenda sobre a jornada de cada um. Dessa forma, você verá que nada é tão linear quanto parece.

Inclusive, é importante ler assuntos que abordam a diferença entre gestão e liderança – o que é amplamente discutido pela maioria dos empreendedores de sucesso.

Afinal, as duas atividades são igualmente importantes, mas, distintas. Lembre-se que um líder inspira e motiva. Enquanto a gestão envolve outras vertentes, como planejamento e coordenação, por exemplo.

Além disso, você também pode agregar conhecimento através de um grupo, que promove conexões com outros empreendedores e oferecem programas de treinamento de empreendedorismo.

10. Faça os investidores investirem na sua visão

É comum que os empreendedores de primeira viagem se concentrem no crescimento da receita a curto prazo, ao invés de fazer o investimento necessário para o sucesso a longo prazo.

Portanto, estabeleça um cronograma e um treinamento de liderança em seu orçamento. Dessa forma, você repassará aos investidores seus esforços para gerar um caminho para o ROI.

Além disso, não tenha medo de ser franco sobre suas fraquezas em determinadas áreas. Lembre-se que a autenticidade e a vulnerabilidade são habilidades valiosas de liderança. Portanto, caminham juntas.

Sendo assim, admita a falta de experiência e/ou conhecimento fora da sua zona de conforto. Pois, esse é um sinal que só um grande líder pode emitir.

E, caso você esteja passando por um processo turbulento, não há mal nenhum em pedir ajuda. Entre em contato conosco e conheça nossas ferramentas de apoio que viabilizam a recuperação da empresa.

Alguns De Nossos Vídeos No Youtube
Recuperação Judicial da Kodak
Recuperação Judicial da Chrysler
Recuperação Judicial da Kmart

Você Vai Se Surpreender Com As Oportunidades Que Temos Para Sua Empresa!