Logotipo Da Fórmula de Gestão

Atuação Nacional

Como Saber O Lucro Da minha Empresa

Atuamos Em Todo Brasil!

Link Para Abrir Whatsapp da Fórmula de Gestão(11)9.8834-4926
Fundador

Há uma grande satisfação emocional e obrigação moral nessa função. Álvaro, quando mais jovem viu seu pai falir duas empresas que foram bem sucedidas e tristemente o viu também sucumbir com a queda dos seus negócios. A impotência na época diante da situação o motivou a buscar aprender e investir em ser capaz de auxiliar os empresários que passam por momentos difíceis, momentos que podem atingir um estágio crítico.

Por isso, nosso CEO, Álvaro Marcos, acumulou conhecimento e experiências ao longo de 10 anos para tornar-se um especialista em gestão de empresas em crise.

Alvaro Marcos - Fundador da Fórmula de Gestão
Contato
Oportunidades

Você já parou para analisar qual é o lucro real da sua empresa? Não? Pois saiba que o desconhecimento sobre esse índice é um dos principais motivos pelo qual diversos negócios acabam não alcançando o sucesso.

Neste artigo, vamos lhe explicar alguns pontos para a questão “Saber o lucro da minha empresa”.

Não saber identificar o lucro de uma empresa se dá, muitas vezes, pela falta de organização na empresa. Outra situação é quando as ameaças externas prejudicam a sustentabilidade dos negócios, gerando uma concorrência desleal, que desvaloriza o preço dos produtos ou serviços.

Contudo, mesmo que haja uma alta competitividade no mercado, é possível manter as finanças da empresa bem organizadas e gerando lucro. Veja, abaixo, como sanar a dúvida de ”Como saber o lucro da minha empresa?” e saiba dicas que podem ajudá-lo a organizar as finanças do seu negócio.

Fique atento à precificação dos produtos ou serviços

Uma das questões que prejudicam o lucro de uma empresa é a precificação incorreta dos produtos ou serviços prestados. Nesse sentido, podemos observar que diversas empresas operam com uma margem muito pequena de lucro ou muitas vezes até no prejuízo, em razão desse erro.

A precificação de um produto ou serviço precisa levar em consideração diversas questões como:

  • Preço de compra de insumos e matéria prima;
  • Custo de produção;
  • Impostos;
  • Inflação;
  • Transporte;
  • Custos fixos e variáveis;
  • Marketing e Publicidade;
  • Entre muitos outros.

Ou seja, tudo que envolve custos ou despesas precisa estar incluído na precificação dos produtos ou serviços. Por isso, é muito importante ter esses dados bem organizados para, a partir daí, colocar um preço justo nas vendas da sua empresa.

É importante não se basear no preço praticado pela concorrência, principalmente se a empresa em questão for de aventureiros no mundo dos negócios. Uma prática de preços fora da realidade de mercado pode até chamar a atenção de clientes, mas não garante estabilidade ao negócio.

Nesse sentido, em pouco tempo, a empresa pode ficar insustentável financeiramente e caminhar rumo à falência. Sendo assim, é melhor que a “concorrência” se afunde sozinha do que você tentar competir e afundar junto. Pense nisso!

Caso sua empresa precise de ajuda para precificar os preços dos produtos ou serviços, saiba como uma consultoria em gestão empresarial pode auxiliá-lo nessa questão.

Identifique o ponto de equilíbrio

Para ter uma boa gestão e resolver o questionamento de ”Como saber o lucro da minha empresa?” é preciso conhecer o ponto de equilíbrio. Esse índice serve como referência para empresas, pois é com ele que se alcança o mínimo de sustentabilidade de uma empresa, além de auxiliar na tomada de diversas decisões no negócio.

Ponto de equilíbrio significa um volume mínimo de vendas que cobrirão os custos de operação da empresa. Ou seja, se a empresa tem faturamento abaixo do ponto de equilíbrio ou até mesmo levemente acima, significa que está gerando pouco lucro ou operando no prejuízo.

E aí vem o problema “Como uma empresa sobrevive a meses consecutivos de prejuízo ou tendo um lucro que mal cobre as despesas?” A resposta é “Não sobrevive!” Basta uma simples crise ou um problema mais delicado para destruir financeiramente o negócio.

Por isso, é importante que as empresas consigam sempre aumentar a porcentagem de lucro ao longo do tempo para manter-se competitiva no mercado. Veja, abaixo, um exemplo de ponto de equilíbrio:

Ponto equilíbrio empresa X

Supondo que uma determinada empresa possui os seguintes índices:

Custos: R$ 500.000 mil;

Despesas Fixas: R$ 150.000 mil;

Margem de contribuição em cada unidade do produto vendido: R$ 100.

Sabendo os valores acima, vamos fazer o cálculo do ponto de equilíbrio:

Fórmula:

Ponto de equilíbrio = Custos e Despesas Fixas ÷ Margem de Contribuição.

PE: 650.000 ÷ 100.

PE= 6.500.

Ou seja, neste exemplo acima, a empresa teria que vender no mínimo 6.500 unidades para alcançar o ponto de equilíbrio. Depois disso, as próximas vendas representariam o lucro da empresa.

Calculando a lucratividade

Digamos que a empresa conseguiu atingir o ponto de equilíbrio. Perfeito! A partir daí, podemos projetar o cálculo para “Como saber o lucro minha empresa?”. O lucro nada mais é que a diferença entre o faturamento total e os custos envolvidos no negócio.

Se a gente pegasse o exemplo acima e projetasse um faturamento de R$ 900 mil no mês, isso representaria um lucro bruto de R$ 250 mil para a empresa.

No entanto, é válido lembrar que alguns modelos de ponto de equilíbrio não consideram custos que não são desembolsáveis imediatamente. Por isso, o empresário deve ficar atento a essa questão na hora de fazer o cálculo do lucro.

No mais, a fórmula para saber o lucro da empresa é bastante simples. Veja, abaixo:

Fórmula:

Lucratividade = Lucro Líquido/ Receita Total x 100.

Lucratividade: 250.000/900.000 x 100.

Lucratividade: 0,27 x 100.

Lucratividade: 27,7%.

Ou seja, a lucratividade dessa empresa representa 27,7% da sua receita total.

Dicas para aumentar o lucro da minha empresa

Mais do que se preocupar apenas com ”Como saber o lucro da minha empresa?”, os empresários devem encontrar maneiras que auxiliem na redução de custos e colaborem para que a empresa tenha mais lucratividade nas operações. Veja alguns exemplos:

Organize as contas

Primeiro de tudo, organize bem as contas da empresa e faça uma boa gestão financeira do seu negócio.

Ou seja, faça investimentos assertivos e evite gastos desnecessários ou endividamentos que possam diminuir a porcentagem do lucro da sua empresa.

Fique atento a produtividade

Ter uma boa produtividade é essencial para que a empresa funcione de maneira organizada e aumente seu faturamento. Nos tempos atuais, é importante que a empresa invista cada vez mais com a tecnologia.

Investimento em tecnologia pode agilizar processos e enxugar custos com mão de obra e folha salarial, por exemplo, aumentando assim a produtividade da empresa e garantindo que a margem de lucro se projete numa curva ascendente.

Conte com uma consultoria em gestão empresarial

Estar atualizado e seguir as tendências do mercado é um grande desafio para empresários. A gestão da empresa ocupa boa parte da rotina, sobrando pouquíssimo tempo para se atualizar e agregar conhecimento que agreguem benefícios ao seu negócio.

Nessa hora, o ideal é contar com a ajuda de especialistas em gestão empresarial. Esses profissionais podem reorganizar a área administrativa/financeira da sua empresa e fazê-la caminhar na direção certa.

Se sua empresa precisa de uma consultoria especializada, conte a nossa ajuda. Entre em nosso site e saiba quais os benefícios que esse serviço pode trazer ao seu negócio.

Alguns De Nossos Vídeos No Youtube
Recuperação Judicial da Kodak
Recuperação Judicial da Chrysler
Recuperação Judicial da Kmart

Você Vai Se Surpreender Com As Oportunidades Que Temos Para Sua Empresa!