Logotipo Da Fórmula de Gestão

Atuação Nacional

Pandemia Recessão e Encolhimento Econômico

Atuamos Em Todo Brasil!

Link Para Abrir Whatsapp da Fórmula de Gestão(11)9.8834-4926
Fundador

Há uma grande satisfação emocional e obrigação moral nessa função. Álvaro, quando mais jovem viu seu pai falir duas empresas que foram bem sucedidas e tristemente o viu também sucumbir com a queda dos seus negócios. A impotência na época diante da situação o motivou a buscar aprender e investir em ser capaz de auxiliar os empresários que passam por momentos difíceis, momentos que podem atingir um estágio crítico.

Por isso, nosso CEO, Álvaro Marcos, acumulou conhecimento e experiências ao longo de 10 anos para tornar-se um especialista em gestão de empresas em crise.

Alvaro Marcos - Fundador da Fórmula de Gestão
Contato
Oportunidades

Uma recessão e encolhimento econômico são inevitáveis em 2020. Afinal, este ano está sendo marcado pela pandemia do coronavírus, que vem infectando milhares de pessoas por todo o mundo e causando um número considerável de mortes.

No momento de tentar conter a doença, o isolamento social e a quarentena são os principais meios que existem. Porém, enquanto esta é a melhor forma de lidar com o vírus, acaba tendo consequências enormes na economia.

Estas vão acontecer de qualquer jeito, porém, com as medidas de prevenção e isolamento, pelo menos, são preservadas o maior número possível de vidas. Então, confira como a pandemia leva à recessão e encolhimento econômico e como preparar sua empresa para este cenário.

Pandemia, recessão e encolhimento econômico

Não vamos gastar muito tempo falando sobre o coronavírus, afinal, você já deve saber tudo sobre ele. Porém, sempre vale a pena destacar a importância de atender às recomendações dos profissionais de saúde. Ou seja, fique em casa.

Mas neste post, vamos focar na economia e principalmente nas consequências para os empresários. Alguns dos efeitos da pandemia, recessão e encolhimento econômico, já são vistos. Por exemplo, as bolsas de valores de todo o mundo estão subindo e descendo sem parar e os preços do petróleo também caíram bastante.

O setor do turismo, por exemplo, é outro dos mais afetados, visto que as viagens estão totalmente paradas, sem previsão de quando voltam. E mesmo quando a quarentena acabar, deve demorar um pouco até que a população tenha confiança para retornar.

Na China, a pausa de certas indústrias ameaça a cadeia global. Por todo o mundo, empresas estão orientando as pessoas a trabalharem de casa. Famílias estão assustadas e deixam de gastar dinheiro para se focar em compras de maior necessidade.

Ou seja, o vírus é uma grande realidade, e suas consequências econômicas também são.

Efeitos da pandemia na recessão e encolhimento econômico

O motivo é bem simples. Com a recomendação de ficar em casa, as pessoas gastam muito menos. Em muitas cidades o comércio está fechado, o que significa que o público não gasta o seu dinheiro. Além disso, existe um certo medo de que a situação piore, fazendo as pessoas tenderem a economizar.

Portanto, os maiores economistas e especialistas do mundo acham que é muito possível uma recessão e encolhimento econômico.

Todas as questões acima praticamente garantem que uma recessão e encolhimento econômico estão vindo. O que a maioria dos especialistas concorda é que a primeira metade do ano será marcada por uma recessão e encolhimento econômico, mas que a mesma deve melhorar após a segunda parte do ano.

Porém, estas estimativas são baseadas nas notícias atuais. Se o vírus se mostrar mais complexo, pode ser pior, e se a vacina for encontrada logo, pode se mostrar melhor.

Como a recessão e encolhimento econômico afetam o Brasil?

Para o Brasil, a situação é potencialmente ainda pior. Em momentos de crise, os investidores saem dos mercados emergentes, indo para os mais seguros e diminuindo o potencial de risco.

Quer ficar por dentro de tudo sobre o coronavírus e como afeta a sua empresa? Então, assine o nosso blog e descubra.

Como se preparar para recessão e encolhimento econômico?

A recessão e o encolhimento econômico certamente afetarão seu negócio, assim como toda a economia. Portanto, é preciso se preparar. Especialmente as dívidas, são algo que deve ser prestado muita atenção.

Renegociar é a palavra da vez para recessão e encolhimento econômico pelo qual vamos passar. Outra ação importante é ter um certo critério no momento de investir o capital.

Começando por este ponto, agora talvez não seja é o momento ideal de investir. Por exemplo, se a sua empresa planejava expandir o negócio, abrir uma nova unidade etc., é melhor deixar os planos para outro momento.

Quanto às dívidas, busque negociar cada uma delas. Este é um momento delicado para todos, o que significa que os bancos estão mais dispostos a negociar.

Afinal, ninguém quer ver empresas fechando. Neste ponto de vista, o Governo também está tomando medidas para adiar certos impostos, de modo a comprar um pouco mais de tempo até que a pior parte da crise passe.

Mas é preciso prestar uma certa atenção, pois não é uma isenção. É um adiamento. Ou seja, é preciso pagar depois. Então, cuidado para não se enrolar no final do ano pagando os impostos e dívidas do início.

Uma dica para se manter ativo neste momento é migrar o máximo possível do negócio para o online. Muitas empresas já têm esta prática, mas agora ela é ainda mais interessante.

Dicas para lidar com a recessão e encolhimento econômico

Para ajudar a sua empresa a passar por este momento tão delicado, vamos ver algumas dicas para lidar com a recessão e encolhimento econômico.

A primeira, é projetar receitas e despesas durante todo o ano. Como é esperada uma diminuição dos ganhos, a resposta principal é diminuir os custos. Negocie certos contratos e corte tudo que não for essencial. O próprio trabalho de casa é uma forma de cortar custos.

Além disso, a relação com os profissionais é ainda mais delicada neste momento. No entanto, existem ações a serem feitas. Por exemplo, antecipar as férias e ajustar certos pontos de acordos coletivos, para as empresas com mais colaboradores.

Durante a crise, os bancos e outras instituições financeiras são incentivadas pelo Governo a oferecer crédito mais barato para as empresas, de modo a superar a recessão e encolhimento econômico. Se for necessário, é uma boa opção, mas é preciso sempre ter um planejamento eficiente.

Como lidar com as dívidas durante a recessão e encolhimento econômico?

Durante a recessão e encolhimento econômico, lidar com as dívidas é a maior prioridade. Como o poder de compra dos clientes e a receita devem ser menores, é preciso se atentar ao quanto é gasto. Por isso, as principais dicas são:

  • Evite gastar mais do que o necessário;
  • Renegocie todas as dívidas possíveis;
  • Aproveite todas as formas de incentivo do governo;
  • Pegue um empréstimo se necessário, aproveitando as melhores condições;
  • Tenha um planejamento financeiro para agora e para o futuro.

A recessão e encolhimento econômico causados pela pandemia são inevitáveis. Portanto, agora, mais do que nunca, as empresas devem ficar muito bem atentas as suas dívidas e gastos.

No nosso blog, você encontra tudo sobre como lidar com as dívidas e quais são suas alternativas. E se quiser lidar ainda melhor com esta situação, entre em contato conosco e evite o pior.

Alguns De Nossos Vídeos No Youtube
Recuperação Judicial da Kodak
Recuperação Judicial da Chrysler
Recuperação Judicial da Kmart

Você Vai Se Surpreender Com As Oportunidades Que Temos Para Sua Empresa!